terça-feira, 19 de maio de 2009

O dia em que eu não cheguei a ser morta por fãs do Mr. Spock

Trekkie

Fui ver o Star Trek. Não é filme de miúda. Pois não. Mas é tão clássico que eu tinha que ir. Mesmo tendo em conta que quando a série atingiu o seu auge eu estava ainda longe sequer de nascer. Depois de quase duas horas intermináveis de filme em que eu percebi que havia uma nave espacial, vários planetas, uma miúda verde, e uma coisa líquida encarnada que criava buracos negros (parece que é muito mais que isto mas eu fiquei-me por aqui) finalmente lá houve um intervalo. E sabem aquelas situações fantásticas em que vamos dizer qualquer coisa e toda a gente se cala para ouvir o nosso disparate? Pois o meu era tão grande, que eu ia com o balanço todo e nem parei a meio da frase para me calar. O gajo que estava comigo argumenta que até havia algumas pessoas no cinema, e eu, parvinha de todo, respondo aos gritos, quando de repente se fez silêncio:

Pois claro! Duas filas cheias de trekkies, todos nerds, parvinhos, obcecados com isto.”

E no espaço de meio segundo vejo todas as cabeças a virarem-se para mim com má cara e o menino que estava comigo a dizer:

Ora visto que tu és miúda, eles vão é bater-me a mim, certo?”

Quando voltei da casa-de-banho os dois rapazes que estavam ao meu lado tinham-se mudado para outra fila. Mas eu tenho cá para mim que não teve nada a ver com o meu comentário. Eles não deviam era estar a ver bem a tela…

(De qualquer forma o filme até se vê bem e eu não queria ser má para ninguém. Juro! Foi só mesmo um momento triste. Muito.)

20 comentários:

ajoanita disse...

Eu já nem me lembro de ir ao cinema!

Aηα... disse...

O teu momento triste... é desculpado pela sinceridade com k o disseste :)

hershinha disse...

foi o teu momento trekkie! toda a gente tem no minimo 50 desses na vida! lol

Anónimo disse...

"gajo" ?

:(

Abobrinha disse...

Estou a ver que o teu sentido de oportunidade ainda é pior que o meu... e que também falas alto!

Olivia disse...

Essa foi mesmo muito má.
Eu faço parte da geração que não perdia um episódio. E depois vestimos a pele dos nossos heróis quando brincávamos na rua.
Mas eu já sou um pouco antiga, apesar de ainda não ter entrado nos 40. :)

guilherme disse...

Adorei o teu blogue coitados dos putos,tu só traumatizas gente..E vé lá que eu nao sou puto...Tem comecar a socializar com os colegas..lol;)

dream* disse...

Silêncios repentinos são lixados. De repente cala-se tudo, e... uups..

Belota disse...

Ponto 1: 50 momentos destes na vida?? A sério? Estou com medo...

Ponto 2: O anónimo para estar triste deve ter sido o GAJO que me levou ao cinema LOL

Ponto 3: O Guilherme só pode ser o puto da t-shirt que eu meti num post recente. Ah, que não é puto! Diz ele...

Fada disse...

AHAHAHAHAHAHHA

Só tu, Belota, só tu!!!

Beijitos


PS-coitadito do "Gajo"... :p Tiveste um momento trekkie de novo, já são 2!!!

papagaio disse...

bem antes isso do que dares um peido dos que fazem barulho quando esta tudo em silençio nao?assim envergonhaste meia duzia de gajos que devem ter pensado que estavam ali a fazer.....

Caranguejo disse...

Lá sentido de oportunidade tem a menina :P.

Beijo

Petra Pink disse...

Adorei este texto e fartei-me de rir lol
beijinhos

Eu Mesma! disse...

No meio disto tudo apenas ficou a faltar a presença airosa do papá!!!!!

assim sim.... os putos tinham fugido a 7 pés!

:)

mau feitio disse...

nao suporto esses filmes, sao uma seca

Frutinha disse...

ihihihi lindo!! ainda nao vi o filme, mas tambem não faço questao.. Lá esta é estilo que nao cativa mesmo.

Corset disse...

ahahahaha isso parece mesmo cena de filme!! ahaahahahahah xD

Bridget-Jones disse...

Não gosto muito de ficção cientifica mas a situação tem piada...

Santos, Tiago disse...

“Ora visto que tu és miúda, eles vão é bater-me a mim, certo?”

Imagino a cara de pânico que o "gajo" fez... lol

ManRebollo disse...

:-D