sexta-feira, 8 de maio de 2009

“É como tu quiseres”

Esta é outra. Mais uma expressão complicada. É claro que estamos convencidas que vai ser como nós queremos. Mas não é assim tão simples... Há três maneiras de nos dizerem esta frase. E nenhuma delas é lá grande coisa...

É como tu quiseres – como forma de despachar o assunto
Pensam mesmo que não percebemos que quando chegar a altura as coisas não vão ser como queremos porque pura e simplesmente... não vão ser? Pensam? Desenganem-se. Nós sabemos muito bem onde tudo isto vai dar. A uma birra nossa e a uma possível discussão.

É como tu quiseres – dito com resignação
Não serve. Ser como nós queremos mas com ar de “preferia atirar-me para a frente de um comboio” ou “vais ver que te vais arrepender”, não serve. Nós gostamos que as coisas sejam como nós queremos, mas ao mesmo tempo também queremos que vocês queiram as mesmas coisas que nós queremos. Será que me expliquei?

É como tu quiseres – dito com ar babado
Blagh. Fazerem-nos as vontadinhas todas é enjoativo. Queremos um homem com garra, com opinião, que dê luta. E que depois nos faça as vontades, claro. Mas não imediatamente.

Parece complicado? Então sugiro que substituam esta expressão por qualquer coisa do género “eu não sei como vai ser, mas deixa-me pensar um bocadinho que eu prometo que vou ter em consideração aquilo que tu queres”. No fim façam-nos a vontade. Ah, e digam-no com um ar convincente. É que senão voltamos ao mesmo...
;)

18 comentários:

GarFFinha disse...

Essa não faz tanta moça! Esquecemos mto depressa desta! até pq nós somos as 1ªs a dizer esta frase, para despachar situações que não queremos ou não tempos paciência!!

Mnemósine disse...

E é assim mesmo!

Menina do Mar disse...

E está tudo dito!
*

entremares disse...

Desculpa lá... mas como "tótó a tentar entender as mulheres" ainda acho que te esqueceste de uma expressão fundamental. Eu, pelo menos, adoro-a.

" SIM, QUERIDA."

Bom fim de semana para todos.

Belota disse...

GarFFinha, não estás a perceber. Nós podemos dizer o que quisermos e fazer todos os disparates que nos apetecer. Não quer dizer que eles façam o mesmo...
LOL

Belota disse...

Hahaha boa, farei um post sobre essa do "sim, querida" LOL

Eu Mesma! disse...

Ah adorei!
é que tens efectivamente razão!

Bom fim semana!
Beijinhos

Stiletto disse...

LOL
Eu farto-me de dizer "É como tu quiseres" e no fim faço tudo como quero e ainda o ponho a pensar que ele também queria.
E não é que agora acabaram as discussões? :P

Juiggy disse...

Quando um homem chega ao ponto de dizer "É como tu quiseres" é porque já está de certa forma tão frustrado por tentar colocar a sua opinião que acaba por desistir com a simples expressão, por não conseguir vencer o orgulho feminino!

Enquanto a mulher assinala mais uma vitoria no relacionamento, o homem remói o orgulho ferido!

Em termos muito dramáticos (assim num extremo muito grande!!) era gajo para dizer que uma situação destas é um grande corte no erotismo do casal! Sem dúvida que enquanto estivermos chateados, não vamos estar a pensar em sexo (e vai daí...), mas não faz mal! Logo à noite vamos beber um copo com os nosso colegas, esquecemos o assunto, e... se aquela loiraça de vestido vermelho muito curto continuar a fazer olhinhos, até sou rapaz para meter conversa!!

quando leio estes post, fico sempre com a impressão que as imperfeições nas relações são todas por culpa dos homens :( quando já foi dito aqui muitas vezes que as mulheres são demasiado exigentes! Num dia, querem o rapaz compreensivo, que sabe ouvir, tomar o partido dela contra as amigas ou contra a mãe, que sabe dar um conselho e tal. No outro dia querem o bad boy que é mau e cruel, mas possante e capaz de cometer uma loucura como ter sexo porco, sujo e egoísta, numa qualquer canto da rua. Dois dias depois, vem a melhor amiga dizer como o seu namorado é perfeito porque lhe ofereceu um ramo de rosas, e o que a mulher deseja é um homem extremamente romântico que a leve a jantar fora, com direito a um passeio à beira-mar e uma sessão estúpida de gritos "Amo-te", "Adoro a minha mulher" e por aí em diante, e amor delicado atrás de uma duna qualquer (tal como nos romances!!). E se formos falar das mulheres modernas que querem um gajo que cozinhe, passe a ferro, lave a loiça e tome conta dos miúdos (mas que vai totalmente contra a tal ideia de homem bárbaro que sabe tão bem naquelas alturas em que o desejam).

Tudo isto, enquanto um homem só quer alguém que esteja lá, presente. E o sexo, pronto.

Belota, gosto muito deste blog! Adoro a maneira como é escrito! Riu imenso, e venho cá fielmente (e já o recomendei a 1938190384082 mil pessoas!!). Mas, um dia, ainda gostava de ver um post que começa-se com "Amigas, não façam isto! Assim agradam o vosso homem!"

É só uma sugestão!! Não quero fazer uma guerra de uma pequena opinião.

Carlos disse...

Mas quem diz isto para mim não é homem. É "wussy". Desconheço tradução em português.

Belota disse...

Wussy = choninhas
É precisamente isso que não gostamos!

coyote disse...

Sabes, Bolota, acho que de vez em quando devias ler um Guia dos Homens para Tótós, porque na recta final acho que percebes imenso sobre mulheres mas muito pouco sobre os homens...you´re soooooo wrong!;)
Isto, claro, com toda a simpatia e reverência que me mereces....
Ahhh...vou-te dar uma dica, como diz muitas vezes um primo meu carioca..."por vezes é necessário fazer-nos de burros para comermos capim cortado;)"
Tchilo,
Coyote

Belota disse...

Pois não! Isto é um blog sobre mulheres, para homens. Não o contrário. Aliás, se fores leres os posts iniciais, há imensos a pedir um Guia dos Homens para nós (atenção como eu não usei a palavra "totós" aqui). Em tempos houve um, mas os meninos desistiram. Coyote, estás à vontade para vir cá dar o vosso ponto de vista nos comentários :D

coyote disse...

Eu podia tentar mas concerteza não resultaria porque nós, os homens, somos seres pragmáticos e descomplicados, por isso seria uma Guia com três ou quatro posts no máximo! ;)
Para nós o mundo é um desafio, os amigos imprescindíveis e as mulheres uma benção!;)
Para veres que, não obstante as tricas adoráveis trocadas entre os géneros, não há acrimónia, deixo-te esta pérola que li algures:
"De acordo com uma recente pesquisa, os homens dizem que a primeira coisa que notam em uma mulher são os olhos, e as mulheres dizem que a primeira coisa que notam nos homens é que são um grupo de mentirosos."
(Autor desconhecido)

coyote disse...

Ahhh...e concerteza que já conheces mas ainda assim vai uma perspectiva intelectualmente interessante de Victor Hugo:

coyote disse...

O homem é a mais elevada das criaturas;
A mulher é o mais sublime dos ideais.
O homem é o cérebro;
A mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz;
O coração, o AMOR.
A luz fecunda, o amor ressuscita.
O homem é forte pela razão;
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence, as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos;
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece, o martírio sublima.
O homem é um código;
A mulher é um evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
O homem é um templo; a mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos;
Ante o sacrário nos ajoelhamos.
O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter , no crânio, uma larva;
Sonhar é ter , na fronte, uma auréola.
O homem é um oceano; a mulher é um lago.
O oceano tem a pérola que adorna;
O lago, a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa;
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço;
Cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra;
A mulher, onde começa o céu.

Anónimo disse...

Outra expressão complicada é "não necessariamente"

Tia Maria disse...

Eu gosto de fazer as vontadinhas todas á minha esposa, gosto de ve-la feliz. E ela faz-me o mesmo.
Mas tambem sabemos dizer nao quando necessário, rarissimas vezes.
Ela gosta de levantar-se mais cedo e fazer-me o pequeno-almoco á maneira dela, e de me fazer aquelas comidas que ela sabe que eu adoro. Eu gosto de planear fins de semana aqui e ali e acolá e dizer-lhe no próprio dia. E ela alinha nas minhas maluqueiras todas. Ainda o ano passado, fomos dar a volta á Europa de mota, foram duas semanas espectaculares.
Será assim tao complicado ou será que a maior parte dos homens e mulheres, hoje em dia, só sao felizes é em batalhas campais???
Rui e Susana, dois tugas de Almada e Cascais a viver em Wageningen, Holanda.