terça-feira, 17 de março de 2009

Só para alimentar mais um bocadinho a discussão do post anterior

Falta uma razão para gostarmos de bad boys:

- gostamos de ser vistas com eles
Queremos estar com um homem que faça inveja às outras mulheres. É que a competição é sempre entre nós mesmas.

(antes que comecem a refilar, eu sei que o mais provável é que ele acabe com uma dessas outras mulheres nas nossas costas, mas o ponto acima conta. Conta mesmo, sim? Ou vão agora dizer-me que os homens também não gostam de pavonear a namorada gira à frente dos amigos?)

27 comentários:

Anónimo disse...

Querida Belota,

Peço desculpa por lhe ter invadido a maison.
Não se repetirá.

Abóbora

Ruben disse...

E Viva os badboys... :P
Um casaco em pele é sempre melhor que um polo Quechua :-)

Belota disse...

Cara Abóbora Anónima, volte sempre que eu achei a última caixa de comentários de grande valor de entretenimento :)

Belota disse...

Ah, isso e as portas aqui estão sempre abertas, e sem moderação de comentários. Senão não se aprende nada!

Anónimo disse...

Eu também gosto de mostrar o meu animal de estimação (depois de lhe passar a escova, para o pêlo reluzir) e assim ganhar o primeiro prémio de namorada ... errrr.... cadelinha mais bonita.

Sanxeri disse...

Por acaso conta.

Toda a gente é vaidosa. :P E passear com um Ferrari é bem melhor que passear com um Fiat...

Belota disse...

haahahahhahahhahaahahahaahhaahahahahahahahahahahahahah

Anónimo disse...

Belota: Se te queres convencer que gostas mesmo desse tipo de rapazes, o problema é teu...
Beijos

Ms. Myself disse...

Belota... Concordo plenamente! É sempre muito interessante... Mas vais ter aqui mais pano para mangas... às tantas mais umas horas de discussões... lol

:p

Eu mesma! disse...

Acho que aqui a história das mulheres gostarem dos bad boys.... é como tudo na vida...

o fruto proibido é sempre o mais apetecível..... e sim... continuo com a minha teoria...

um homem demasiado bonzinho... com determinado tipo de mulheres não funciona...

uma mulher que seja dinâmica, independente e senhora de si... quer alguém ao seu lado que lhe dê segurança... e um bonzinho facilmente passa por totozinho e não dá segurança a nenhuma mulher....

mas é obviamente uma questão de gostos... e gostos não se discutem....

eu concordo com a belota apesar de preferir os semi bad boys... que têm estilo de bad boy... têm ar de bad boy mas... depois apenas são semi....

dão muito menos trabalhinho!

Eu mesma! disse...

a formatar claro está!

pepita chocolate disse...

Esta discussão sobre bad boys está a dar pano pra mangas!

interessante!
Posso voltar mais vezes?

Beijoca!

Francisco del Mundo disse...

Quanto à parte de gostarem de serem vistas com eles, é daquelas coisas que é assim, mas que nada influenciam a relação..:D
Beijo

Francisco del Mundo disse...

E já agora: vocês gostam muito dos bad boys, mas acabam por se derreter pelos outros.. Mesmo que não o admitas agora!;)
Beijo

Mag disse...

Bem, a verdade é que sim, também já passei essa fase :))))
I've dealt with it.
Depois quando se cresce, a independência e auto-estima ganham asas, e já se precisa de acessórios :))) (mas lá que dá estilo andar com um gajo bonito pelo braço, lá isso dá... lol)

Mag disse...

Perdão...
"já NAO se precisa de acessórios..." (ainda é muito manhãzinha... lol)

Isabel disse...

Sendo uma apreciadora de bad boys em geral só tenho pena é quando eles são bad boys em tudo menos onde interessa realmente ;-)

Anónimo disse...

Bons-dias Belota e companhia,
Penso que o parte do interesse das mulheres gostarem de bad boys, será o facto de estes saberem como mostrar desejo, e convenhamos, sentir o desejo do outro à flor da pele é sempre um grande incentivo. Quantas vezes as mulheres não deixam de sentir satisfação sexual por causa da sugestão de que não existe verdadeira excitação por si? Os bad boys, como foi demonstrado no post anterior gostam de gostar, são assim meio para o animal, e como é compreensível, esta faceta tem muitos atractivos para as mulheres em geral, a incondicionalidade do desejo sexual é importante e nunca deve ser menosprezada.

Abóbora

Belota disse...

Pronto, parece-me que com esta da Abóbora estamos arrumados. É exactamente isso.

Anónimo disse...

Muito Obrigada Belota.

Fico a aguardar novas "discussões"

Abóbora

Joaninha disse...

Oh... se gostam! Não podia concordar mais.

Su M. disse...

É do melhor, ir tomar pequeno almoço na esplanada num dia de sol, junto à praia, e... as gaijas todas virarem a cara para ver o borracho que vai ao nosso lado a apaparicar-nos... sabe mesmo bem..

xinha disse...

Belotita,
Vamos lá descodificar o racicínio:
1º o "irracional"; - "Razões q a razão desconhece" é Cartesiano não é? então está bem...
2º o "racional"; - "É preciso abandonar as ilusões sobre a nossa condição, para obter uma condição q n precise de ilusões" é o Marx não é, então também está bem... estamos sempre com razão. então está bem. Somos mulheres, pronto!

Anónimo disse...

Há uma coisa que não percebo a EU MESMA, disse em cima, passo a citar:" uma mulher que seja dinâmica, independente e senhora de si... quer alguém ao seu lado que lhe dê segurança... e um bonzinho facilmente passa por totozinho e não dá segurança a nenhuma mulher...." estranho alguma mulher dizer isto, se sois independentes, dinâmicas e senhoras de si próprias porque precisais de alguém que vos dê segurança? Uma mulher independente e dinâmica não deve ser segura??? Estranho pois acho que confundis a vossa dita independência com submissão e subjugação a um tipo de homem sem carácter e que ilusoriamente pensais que vai mudar por vos???Os bad boys tem quem querem na mão e nunca irão subjugar-se a alguém tão fácil...mas toda esta discussão faz-me lembrar como os animais escolhem os parceiros para se reproduzirem, o mais forte o que nos protege,só que já não somos macacos, somos sim homens independentes e queremos mulheres com independência, bom gosto e principalmente cérebro...

Ass: Rui

Eu mesma! disse...

Caro Rui (Anónimo)
Passo então a explicar o que não entendeu....

"uma mulher que seja dinâmica, independente e senhora de si..." obviamente que continua a querer segurança.... segurança diferente daquela que eventualmente o Rui esteja a pensar... não é por se ser independente e senhora de si que queremos nós andar a combater ladrões no meio da rua ou queremos eventualmente sustentar tudo à nossa volta....

Uma mulher por mais estruturada que tenha a sua vida necessita sempre de se sentir segura, mesmo que nunca necessite dessa segurança... e segura é ter um homem ao lado que a defenda, que se saiba impor junto a terceiros e que sim... não tenha medo da linha da frente....!

Permita dizer-lhe que um homem... bonzinho, que nos diz que sim a tudo é sim um.... totozinho e ... nenhuma mulher que seja independente e segura de si deseja ter alguém ao seu lado que não se sabe impor...

É este nivel que eu refiro como segurança....

Espero tê-lo esclarecido.

Anónimo disse...

Esclarecido o seu ponto vista. Mas nada disso que disse garanta que um bad boy fará.Já vi muitos bad boys a fugirem a sete pés quando se trata de defender os amigos em perigo. Segurança sabe o que é? é voce estar doente e saber que por mais grave que seja o seu marido ou namorado não a vai deixar e vai cuidar de si sempre todos os dias com amor e carinho. Bonzinho é um homem que ama e não trai e não é um mulherengo!!!diferentes conceitos ok? eu nem sou bad boy nem sonso...é natural que tudo na vida inclusive homens precisem de sal e muita pimenta para acalorar uma relação...Agora traições e mulherengos sem cabeça isso é que não percebo. Ser interessante e misterioso tem piada e é necessário, em tudo na vida...temos conceitos diferentes, eu prefiro mulheres independentes,espírito aberto e rebelde, muita pimenta mas isso não implica que sejamos infiéis e maus caracteres pois não???

Ass Rui

Eu mesma! disse...

Eu não disse que preferia os Bad Boys caro Anonimo Rui....

agora os sonsos tb não gosto....
dos totozinhos quero distancia....

alguém intermédio... sim parece-me bem!

E passo-lhe ja dizer que ate os totozinhos traem.... não so os mulherengos... isso é um mito urbano mais nada!