quinta-feira, 12 de novembro de 2009

“É possível duas pessoas não se darem sexualmente por excesso de excitação?”

Ora desta é que eu não estava à espera! Então se eu comer uma Bola de Berlim mesmo boa e outra mesmo, mesmo boa, o meu paladar não se vai dar bem com a última? Não me parece. Dizer que existe excesso de excitação, a mim parece-me algo semelhante a dizer que existe excesso de felicidade. É um conceito que não entendo e que julgo difícil de quantificar. Referia ainda a pessoa que colocou esta questão nos comentários, que o excesso de excitação pode resultar em ejaculação precoce. Vamos lá separar as coisas. Há ejaculação precoce, uma disfunção sexual, e há o orgasmo rápido. Não é bem a mesma coisa, e com sorte o último passa a ser controlável com a idade e a experiência. Já para não falar no facto de que, nos dias que correm, qualquer homem jovem e informado sabe que quando atinge o orgasmo a relação não tem que terminar. Pelo que ninguém sai realmente a perder. O que importa é que ambas as partes comuniquem e que se entendam. Dito isto, é possível duas pessoas não se darem bem sexualmente por excesso de excitação? Julgo que não. Mas se alguém tiver que ser amaldiçoado com isso, eu ofereço-me de bom grado. Apenas para bem dos restantes, claro.

9 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Ofereço excitantes sessões de preliminares, jogo e relacionamento a mulheres que aguentem mais de 5h seguidas.

Resultado: pernas doridas e cansadas, respirar ofegante, riso descontrolado, massagens excelentes, toque de romance e multiplos orgasmos.

Não é por falta de excitação que continuo solteiro xD

PS: espero que a minha ex-namorada não leia isto :)

shark disse...

Também posso pôr um anúncio, dona do blogue?

Eu Mesma! disse...

lo...
essa de andares a comer bolas de berlim.... :)

Anónimo disse...

Pois dito assim realmente parece meio idiota, explicando continua a parecer idiota mas com explicação! Ora bem, fui eu que lancei esse comentário. E lancei-o pq já se passou comigo. E ao ler o teu post na altura, como tinham havido uns acontecimentos recentes fez-me pensar nisso desse modo.
Namorei durante muitos anos, e o meu ex namorado tinha essa particularidade: ou ejaculação precoce ou orgasmo rápido, como quiserem chamar, que no fundo no fundo o resultado é o mesmo, certo? Ora bem e sempre foi assim durante anos o que nunca me chateou pq como tu bem o disseste há outras coisas para além do momento do orgasmo. Só que por vezes nas cabecinhas masculinas isso nem sempre é assim tão simples. Mexe com o ego, com a auto-estima, com o orgulho e outras coisas tais. E conversar sobre o assunto é tudo menos o que eles (muitos deles) querem.
Ora bem, entretanto terminei a relação por vários motivos, menos por esse, e passado um ano ele começou a namorar com outra mulher. E como eu fui "companheira" durante 9anos ele tinha grande à vontade cmg e só comigo para falar destes assuntos. E começou a dizer que estava melhor, que "aguentava" mais tempo (oh god) e tal e coisa. Eu não queria ouvir aquelas coisas, pq ainda enfim... Contudo ele de vez em qd lá ia dizendo algumas coisitas e que ela não era muito enloquente na cama e tal, e não fazia como ele gostava, ou seja, pra ele ela era "morna" e que eu é que sabia e era assim e assado, enfim. Com o tempo, aproximamo-nos de novo ele acabou com a namorada e estivemos juntos. E aconteceu o mesmo - twice. Ora, a excitação foi tal que o levou de facto a ter orgasmos mais rápidos. O que o fez ponderar e voltar de novo para a sua relação morna, mas que afinal o fazia sentir-se homem. Por isso, não foi uma constatação o que eu referi, mas realmente uma questão que me fez pensar: Adoro gelado de morango e lambo-me toda qd o como, vou por isso comer de chocolate para não fazer figura triste?
Desculpa o testamento, não sei se deu para entender, não me quis alargar mais na conversa!!

Anónimo disse...

Há por aí mulheres assim?
Informem-me por favor, estou mesmo a precisar de excitação extra, a minha relação está gélida.

LJC

Belota disse...

Olha! O "Lord Jesus Christ" já nao dizia nada há tanto tempo! :D

(muda lá isso, ou precisas de um guia para aquecer as coisas? ;) )

Anónimo disse...

Talvez.
Já não sei que diga.
Enfim, vai-se vivendo, como se pode!
Obrigado pela preocupação.

LJC

Fada disse...

"Apenas para bem dos restantes, claro."

És um coraçãozinho de ouro, menina! ;)

Beijitos :)