segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Só por causa do mau tempo vamos falar de maminhas para ver se isto anima

Os 7 factos mais curiosos/divertidos/que-aposto-que-não-sabiam sobre maminhas:

A mulher com o maior peito do mundo, chama-se Sheyla Hershey e veste um soutien tamanho 38kkk.
Eu que sou mulher nunca me consegui entender bem com esta coisa das letras no tamanho dos soutiens, por isso, para ficarem com uma ideia, podem espreitar aqui. São falsas, claro, mas também já vi uma imagem da mulher com o maior peito natural do mundo, e, trust me, vocês não querem ver aquilo! Blagh.

A Inglaterra é o país da Europa onde as mulheres têm maminhas maiores
Mas isso já sabíamos. Aqui andamos sempre a par dessas coisas. (link)

Os implantes mamários aumentam o risco de suicídio
Parece que as mulheres que se submetem a este tipo de cirurgia apresentam mais problemas psiquiátricos do que as restantes. Lindo. Adoro as pessoas que dedicam a vida a este tipo de estudos!

Quase que houve uma lei que impedia mulheres de seios pequenos de conduzirem motas no Vietname
Foi levada a aprovação pelo Ministério da Saúde, em 2008, por questões de segurança (que eu penso que ninguém percebeu muito bem) mas no ano seguinte desistiu-se da ideia.

Em Hong Kong é possível tirar uma licenciatura em Estudos de Soutiens
Ah pois, é um curso do Politécnico lá do sítio. Ensina a desenhar e construir soutiens. Muito bom!

Existe uma Organização Não Governamental que luta pelo direito de as mulheres andarem em topless.
É uma questão de direitos constitucionais, dizem os seus membros. E promovem bastantes encontros de maminhas ao léu, como não podia deixar de ser. Têm um site com um nome muito pouco óbvio, para quem estiver interessado: gotopless.org. (E aparentemente é legal andar despido da cintura para cima no Hawaii, Texas (!!!), Ohio, Nova Iorque e Maine.)

Há um toque para o telemóvel que promete aumentar o tamanho dos seios das mulheres que o ouvem
Foi inventado no Japão, por um médico que combinou uma música com o choro subliminar de um bebé, que aparentemente desperta o instinto maternal das mulheres e faz com que o corpo comece a produzir leite. Parece que basta ouvir o toque 20 vezes durante dois dias para se notar o aumento. Para quem quiser experimentar, o ringtone chama-se... Rock Melon!

E agora, não fosse isto um Guia das Mulheres Para Totós, uma última dica só para eles:
Gostamos tanto de brincar com as nossas maminhas como vocês. ;)

15 comentários:

S* disse...

Oh que parvoíce... mamas dignas de estudo! :D Essa senhora não tem as maiores mamocas do mundo... há por aí muita senhora velhota com uma prateleira maior.

E sim... gostamos. Oh se gostamos!!

Capitão Microondas disse...

Falta uma: tal como a revista wired noticiou recentemente os implantes tem os dias contados vem aí uma novidade de origem genética bem mais natural.

Quanto ao ultimo aparte da autora o verdadeiro significado do mesmo e: "sim todas temos uma teaser desavergonhada dentro de nos"

Capitão Microondas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Belota disse...

Nem é uma questão de sermos desavergonhadamente teasers, que também somos, é verdade, mas brincamos mesmo que vocês não estejam lá. O mundo não gira todo à vossa volta. (e agora? teased enough?)

Anónimo disse...

Se vos foi dado, foi com um propósito, certo?

Ignorar essa característica física, seria como um pastor ignorar o pasto para as suas ovelhas…

Basicamente seria “contra sensual”…

Daniela disse...

ahahah!! Muito bom! :D

Fatyly disse...

Notícias que não me dizem nada e terminas fabulosamente bem:)

Catarina disse...

Essa da licenciatura e que esta boa...a unica que eu sabia dai e da andar em topless em nova iorque

Trin disse...

ouvi na rádio no outro dia que olhar diariamente 10min para maminhas aumenta a esperança média de vida de um homem LOL

Belota disse...

Hahahahahahha Eu também já tinha ouvido essa e esqueci-me!!

Patife disse...

Ahahahah. "Aqui andamos sempre a par dessas coisas". *Diz que essas coisas também andam sempre aos pares. ;)

oToupeira disse...

Muito interessante esta colectânea de informação! Aconselho a ver também o documentário da BBC "My Big Breasts and Me".

Belota disse...

Acabei agora de descobrir que também há outra versão, igualmente da BBC, que se chama "My small breasts and I"!

Celeste disse...

Eu quero aquele toque :) mas não quero andar a dar leite :p

060760 disse...

O que é bom é para se ver e tudo o que sai fora da mão é desperdício!