domingo, 21 de junho de 2009

Olha!! Afinal a história já é outra...

Eu bem me queixei aqui dos convites para festas em que depois se tem que pagar à porta e de como acho tudo isso patético. E não é que na sexta-feira chego à reabertura do Tamariz, no Estoril, e pela primeira vez não se estava a cobrar consumo à porta?! Ninguém pagava! Convite para casal e está feito! Gostei muito. E não foi por isso que as pessoas consumiram menos ou que a discoteca perdeu dinheiro. Antes pelo contrário. E mesmo assim, tenho cá para mim, que se não fossem as filas para a casa-de-banho das senhoras, estes espaços fariam ainda mais dinheiro com a venda de bebidas. Ou isso, ou montam logo um bar à porta da casa-de-banho para entreter durante o tempo que estamos na fila. Isso sim era uma grande ideia!

13 comentários:

Kandarian disse...

uhm.... bar à porta da casa de banho...

grande ideia! por acaso até conheço uma discoteca onde a fila das senhoras consegue chegar a uma bar próximo...

Ou então ter um empregado a distribuir umas bebidas e faz uma assinatura rapida no cartão...uhm...

Mas falando da fesa de abertura do Tamariz... Belota, se isso fosse feito na maioria dos sitios acredita que haveria prejuizo. Só mesmo a reabertura do Tamariz para garantir o espaço cheio e depois não é propriamente um local que faça pouco dinheiro...:P

Belota disse...

Pois, era prático, mas nem era só por nos entreter, é que eu acho mesmo que se não fosse o problema da casa-de-banho, nós bebíamos muito mais! Se houvessem mais casas-de-banho eu já não pensava "ah não vou beber porque depois tenho que ir fazer chichi". Claro que isto nunca passaria pelas vossas cabeças, mas é um problema que passa nas nossas. lol

Eu Mesma! disse...

Olha que essa era uma ideia genial...
eu cá vi o fogo de artificio do bar dos gémeos em carcavelos...

e sim...
pareceu uma inauguração e peras!

:)

Rui disse...

É nessas alturas que ser gajo é uma benção. É rápido e é raro haver fila. Abençoada prática :P Mas mesmo assim concordo com o bar perto da casa de banho, prejuízo não dava :) *

Pevide Amarela disse...

Em São Paulo havia uma discoteca que a casa de banho tinha luzes a catrapiscar e havia um barzinho quase à entrada. Luz branca só dentro das divisórias.

Era das discotecas mais maradas que vi, tinha uma pista de musica reggae altamente numa varanda enorme com umas paredes de vidro de dois lados e que os gajos tapavam e ficava a parecer um cubo de gelo. E tinham um corredor que pulverizava o pessoal com àgua. Tinha umas 4 pistas, só com meninos do papá, musica de favela para menino rico. E tinha um quintal altamente para conversar.
Era altamente, mas os Turistas tinham um cartão mais caro que o resto do pessoal.

Anónimo disse...

Eu tive para ir mas com a noite que esteve(calor) era muita a confusão;), gosto do tamariz quando está nortada, seleciona as pessoas lá:P.
Quanto ao bar perto da casa de banho concordo em pleno, e em especial perto das mulheres(porque será) ehehehehe:P:P?
É uma optima ideia essa de não pagar à entrada sendo o consumo feito depois lá dentro, mas deve ser dos poucos locais em Portugal onde isso possa ser feito.
Belota lembre-se de como era o tamariz antes desta gerencia que agora o gere? Aquilo estava às moscas antigamente::))?

Goma disse...

Vamos fazer um apelo aos estabelecimentos de diversão nocturna: "Ponham mais SANITAS caramba!!!"

Belota disse...

Aqui a Belota lembra-se, sim! Ainda na reabertura estávamos a falar disso! Às vezes íamos lá jogar snooker e aquilo estava sempre meio "abandonado" lol Como as coisas mudaram! grande Gonçalo e Carlinhos que pegaram naquilo!!

ClaudiaMar disse...

Bar na casa de banho?! Ahahahaha

Dr Phil disse...

epá, bar junto ao wc é ir longe demais, é que, no planeta onde vivo, um wc publico emana uns perfumes mto pco sedutores...secalhar sou so eu...:p

dream* disse...

Eu acho é que por cada casa-de-banho para os homens deviam haver 2 ou 3 para as mulheres!
Beijinho!*

Anónimo disse...

qualquer festa que se preze e cuja entrada é por somente convite não cobra rigorosamente nada à entrada. são as mentalidades tacanhas que existem no nosso país que provocam esse tipo de sentimento "que agradavel, finalmente uma festa para "convidados" e onde não se cobra à porta"! Se é convidado não tem de pagar, de outra forma deixa de ser um convidado! De qualquer forma deixe-me fazer-lhe um reparo, no Tamariz já há uns poucos anos que eles optam por não cobrar...

Belota disse...

Não, a maior parte das festas por convite hoje em dia cobram entrada. Se calhar não se prezam. Talvez seja mesmo isso! "Uns poucos anos" tem o próprio Tamariz, e este ano foi o primeiro em que não cobraram. Sempre foi 12 euros por pessoa. Avisado logo no convite.