quinta-feira, 25 de junho de 2009

Carrito novo

E então lá veio o popó novo! Chama-se Pickle, por razões óbvias, que as coisas que eu gosto têm que ser baptizadas para passarem a fazer mesmo parte de mim. O carro do meu irmão chama-se Jorge (nunca ninguém percebeu porquê) por isso Pickle soa-me muito normal. To the pickle-mobile! Tem a sua graça, não tem? :)
É um carro normal. O primeiro carro bom que eu tenho. Por bom leia-se que tem luzes (exteriores e interiores), 5 velocidades, cintos, não preciso de comer um bife para rodar o volante, tem relógio, música de jeito (digo de jeito porque o meu primeiro carro tinha rádio, mas também tinha um problema e tocava os dois lados das cassettes ao mesmo tempo, o que era bastante confuso), tem ar condicionado (que é uma grande evolução dos “buracos” que se abriam com uma alavanca no jipe), vidros eléctricos, fecho centralizado (o jipe nem fechava!), até se desliga se eu tirar a chave da ignição (coisa que, por incrível que pareça, também não acontecia no jipe). É tudo uma novidade, portanto. E parece que estou a tirar a carta de novo! No entanto tenho-me safado bem. Só se passaram dois dias, mas já nos estamos a começar a entender e eu vejo futuro nesta relação.

Em suma, tem sido assim:

(pai a tirar o carro do stand, que eu não o queria destruir logo ali à frente dos senhores)
Eu: Então e ligar o carro, não?
Pai: Está ligado. Tu é que estás habituada ao tremer e à barulheira do jipe.
Eu: Ah... Fascinante!

(a minha vez de conduzir)
Pai: Oh menina, não falta nada?
Eu: O quê?
Pai: Vais conduzir sem cinto? Acho que a polícia não vai gostar.
Eu: Ah! Este carro tem cintos! Pois é!!

Pai: O que é que estás a fazer?! Mete a primeira!
Eu: Eu estou a meter a primeira! Por isso é que meti a segunda antes!
Pai: Isto não é o jipe! Podes ir de ponto-morto directamente para primeira que ela entra. É um carro normal. Do séc. XXI...

Eu: (muuuuito baixinho) Pai, consigo sussurrar dentro do carro e as pessoas ouvem-me!
Pai: Pois, agora já não tens que gritar enquanto estás a conduzir! Vês que bom?

Pai: Consegues ver bem? Os espelhos estão bons?
Eu: Estão, mas ok, posso endireitar mais um bocadinho...
(abro o vidro, meto o braço de fora e vou lá dar uma pancadinha com a mão)
Pai: O que é que estás a fazer?! Ainda estragas isso! Não vês que eléctrico?! Tem um botão aí perto do volante!
Eu: Wow, espelhos eléctricos!!

Pai: Olha para a frente! Olha para a frente! Então tu estás a conduzir e a olhar para trás? A estrada não é à tua frente??
Eu: Sim, mas queria ver se vinha alguém atrás de mim!
Pai: Então e para isso é que existe o espelho retrovisor!
Eu: Ah! Tenho um carro com espelho retrovisor!!

Pai: Mete lá o pé no coiso antes de meteres a coisa se faz favor, não vês que assim estragas o coiso num instante?
(isto é ele nervoso, eu ignoro porque não faço ideia do que ele está a dizer)

Estou a gostar da experiência. Em vez de “pickle” também o podia chamar de “madrecita” ou algo parecido, uma vez que se não fosse a mãe eu teria que ter vendido o jipe e agora andaria aqui a chorar pelos cantos. To the madrecita-mobile! Também tem a sua graça, mas as pessoas poderiam achar que eu sou estranha. Pickle-mobile é muito mais normal... Agora vai o jipe ficar guardadito na garagem do avô, e eu só espero que, devido à idade avançada de 29 anos, o que em anos de carros deve simbolizar uns 250 (249, vá) ele não desenvolva alzheimer e se esqueça de mim, que o irei visitar com frequência e fazer muitas festinhas. E continuaremos a ser todos muito felizes juntos. Eu, o jipe lindo, e o pickle. Ah, e as pessoas que têm paciência para ouvir as minhas intermináveis aventuras com os carros. :)

29 comentários:

Wolve disse...

ja agora, o pickle-mobile é que marca? estou curioso de saber qual o candidato á altura de substituir o tanq... errr, o bólide anterior!

Eu Mesma! disse...

Minha nossa senhora....

é que eu até tenho medo de imaginar que raio de tanque de guerra andavas tu a conduzir....

o carrinho pickle parece-me ser um carrito normal do seculo XXI mesmo...

eu meu em contrapartida tem luzes automáticas, limpa vidros automático, espelohos anti encadeamento e mais um montão de mariquices que a que eu mais adoro chama-se... luzinha de cortesia (puxas a pala que esta em cima dos olhos et voila.. tem luz para te conseguires maquilhar!!!!!!)

:)

boas viagens!!!!!

Belota disse...

Ah! Também gosto dessas luzes para maquilhar!!! Ainda não vi se o meu tem isso!!!

O tanque, sim Wolve, podes chamar-lhe tanque que eu também costumo chamar, é lindo, o carro normal é um Citroen. Descapotável e muito divertido ;)

Corset disse...

ahahahha ri-me tanto! achei mesmo piada o teu fascínio com um carro normal! ahahahaha mesmo querido! pickle mobile sounds gooooood!xD

dream* disse...

Bem, esse jipe deve ser mesmo uma coisa fantástica... Até podes cantar: era um carro muito engraçado, não tinha espelho/cinto/luzes não tinha nada...
Gostava era de ver essa habituação ao pickle! A mim os carros novinhos em folha todos modernaços assustam-me um bocado, porque fazem coisas do género trancar as portas sozinhos quando começas a andar com eles... mas é tudo uma questão de habituação ;)
Beijinho!*

Ruben Alves disse...

ahahah, a menina comprou um C3 Pluriel! Quando tiver aí na zona, já sei de que carros devo desviar-me :P

Nessa disse...

Parabéns pelo Pickle-mobile.
Agora há que tratá-lo com o mesmo amor que trataste o teu jipe!
Beijoca

Estrela_vega disse...

Ca em casa os carritos teem nomes consoante as matriculas...ora vejam la:
.....xvr = xavier
.....knu = nu
lool!

Larose disse...

ahahahahah ...eu também tenho fascínio pelo meu pequeno, é o "Cerejinha" ....e fiquei com pena quando troquei o outro por este .... mas já me passou o arrependimento! O outro era o "Limãozito" agora anda nas mãos de um surfista.

pobre paiiiiiiiiiiiii ...a coisa da cois a...devia ser a embraiagem e as mudanças ....eheheheh

Bangs disse...

LOL partiste-me toda LOL

Faz-me lembrar a minha passagem de carros pra carros... cada evolução eu soltava um AHHHHHH de admiração lol

Nadyta disse...

LOL como eu te percebo Belota, o meu FUFU ( como a Estrela_vega o meu também vem da matricula -FU-, a minha amiga baptizou-o ) andou que tempos com os vidros da frente avariados, e quando finalmente os arranjei andava feita parvinha com eles abertos cheia de vontade de por a cabeça de fora só pa toda a gente ver que eles abriam :D
Enfim, não te sintas sozinha nestas aventuras :)
Beijinhos

Catia disse...

Estou bastante intrigada e curiosa por saber como é que tu conseguias conduzir o teu jipe? A policia deixava-te andar com ele na rua? Isso passava na inspeção???

Mas fico muito feliz que tenhas conseguido comprar o carrinho novo sem vender o antigo. Agora vão formar um triângulo muito feliz.

Boa sorte e espero que este carro te concretize como o outro e que continues a ter emocionantes histórias e aventuras com o carro para partilhar.

Frutinha disse...

Parabens pelo popo novo :p bem que podias mostrar ihihih.

Saltos Altos Vermelhos disse...

Olha obrigadinha por me deprimires LOL

Saltos Altos Vermelhos disse...

belota o comentário anterior era para o post anterior ai que raios !!!

Goma disse...

Resta-me desejar-te uma feliz vida com o teu PICKLE!!

Abobrinha disse...

Explica-me outra vez qual é o interesse em manter o jipe.

Ah, e parabéns pelo carrinho novo!

Abobrinha disse...

Engraçado: nunca dei nomes a um carro. Mas falo com o meu e faço-lhe mimos de vez em quando!

Wolve disse...

eu também falo com o meu, não é nada anormal. Espero eu...

E sim senhora! Um descapotável... que isto não anda por menos, parabéns! E histórias com a capota, ainda n há?

PS - o tanque n era por mal, espero n ter ofendido.

Bjs

Pintora disse...

Para o Pickle-mobile e mais além!

:D

Femme Fatale disse...

Eheheheh parabéns pelo popó novo =)

Femme Fatale disse...

Eheheheh parabéns pelo popó novo =)

Fada disse...

:D

Parabéns!!!

Eu também baptizo os carros pela matrícula... :)

Boas aventuras e boas viagens no pickle... Huumm... E porque não, malagueta-mobile? Se fosse vermelho, ficava a matar!!! :D

Beijitos :)

Belota disse...

Hahahaa "malagueta" era muito bom! Auspiciava algo muito divertido de certeza ;)

Lila* disse...

Parabens pelo carro novo:)
So tens de te habituar!!!

Patricia disse...

Fartei-me de rir! Vais ver que logo te habituas. Parabéns pelo novo carro, quer dizer pickle-mobile.
Bjs

Francisco del Mundo disse...

Ahaha, morri a rir... E já sabes que ao vivo é pior!!!:D
Beijo

bluefox disse...

Olha a mim parece-me bastante normal, o meu chama-se Sweet baby e parece gostar bastante, lol
O meu marido tb diz que nao é normal eu falar como carro especialmente depois de viagens grandes e dizer-lhe:
-Lindo menino, portaste-te mto bem.
Mas tambem ele é gajo e nao entende estas coisas lol
Olha disseste descapotavel? já abriste a capota? Tu vé lá, é que se estranhaste os espelhos eletricos até tou com medo da capota LOL
Beijos.

Alexandre disse...

Confesso que gostei da história da cassete ser tocada ao mesmo tempo dos dois lados e da descrição dos diálogos do teu pai, nota-se que é muito paciente. Boas aventuras