sexta-feira, 9 de abril de 2010

E pois que aqui a Belota lá cumpriu o sonho de ter um talk-show de entretenimento

Ok, foram só 10 minutos, gravados na faculdade, ninguém vai ver, mas serviu na mesma para me deixar contentinha. Quatro câmaras, muitas luzes, uma plateia fantástica (os meus super colegas), uma professora que eu sempre admirei, e um convidado que foi absolutamente genial e fez o favor de lá ir parar de propósito. Grande Luís Filipe Borges, a quem eu nem sei como agradecer!

Os 7 pecados capitais deram o mote e o diálogo fluiu com humor e boa disposição. (para quem não se recorda: Inveja, Avareza, Ira, Vaidade, Gula, Preguiça e Luxúria) Pelo meio da conversa, estas foram algumas das questões:


- Luís, como é que chegaste até onde estás agora? Estudaste Direito, licenciaste-te até com distinção, o que aconteceu a seguir? Preguiça para exercer?

- A razão da boina também vem dos tempos do curso de Direito. É uma imagem de marca ou uma vaidade?

- A Margarida Rebelo Pinto perguntou-te uma vez em directo quando é que tiravas a boina. Há até quem se pergunte se tens cabelo! É um pouco como a questão do Pedro Abrunhosa e dos óculos. Deve haver ali um problema na vista... Mas eu sei que tens cabelo e já vi fotografias tuas com cabelo, por isso a minha questão é: o uso prolongado da boina não te vai fazer perder o cabelo que tens?

- És uma pessoa avarenta? Poupas por exemplo dinheiro num jantar ou numa saída à noite com os amigos para poderes comprar uma boina nova?

- Ainda sobre a avareza, as pessoas escrevem para exorcizar os seus males e eu já te ouvi dizer que é uma óptima forma de poupares dinheiro em psicólogos. É por isso que escreves? Porque é que escreves?

- Tens um livro que se chama "Mudaremos o mundo depois das 3h da manhã". Porquê depois das 3h da manhã? É preguiça? Porque não agora? Já?

- És uma pessoa gulosa? Quem é que se lembrou de "A Revolta dos Pastéis de Nata"? Porque não dos D. Rodrigos ou das Francesinhas?

- No "5 para a meia-noite" partilhas o programa com mais 4 apresentadores. É fácil trabalhar deste modo? Não há ali uma pontinha de inveja entre vocês relativamente aos convidados ou aos números de audiência?

- Os teus programas são sempre em directo, é natural que existam coisas que por vezes não correm bem. Já te aconteceu ficares irado com alguma falha?

- Há ainda um pecado que não foi abordado nesta conversa, que é a luxúria. Diz-me lá a verdade, esta coisa de ter um programa na televisão, de ser conhecido, deve ajudar a conhecer miúdas giras...

E a pergunta que não tive tempo de fazer: Foste uma das primeiras figuras públicas a contrair o vírus da Gripe A, falou-se muito disso na altura e faz até parte da tua "descrição profissional" na wikipedia. Fizeste isso só para ter protagonismo, não foi?


E o que se aprendeu com isto? Que o LFB é um espectáculo. Super simpático, disponível, e com um sentido de humor genial. Agora digam lá vocês, não gostavam de ver as respostas a estas questões e o resto da nossa conversa? Ah pois é, então toca lá a escrever cartinhas aos senhores da televisão a dizer que querem ver a Belota no pequeno écran. A gerência agradece e pagará o favor com muitos beijinhos. Ou talvez não, que eu não sou cá dada aos beijinhos, mas um "eternamente grata" teria para oferecer com certeza. ;)

4 comentários:

almighty yellowphant disse...

haha muito bom muito bom. E essa da gripe A... Era boa também :)

R. disse...

ohhh mostra, mostra! =D

Anónimo disse...

Pôe-te a pau, e vais parar ao cinco para as 12:00 a.m.

(como convidada, claro.)

;)

Francisco del Mundo disse...

onde vejo??:D
Beijo