terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Sem palavras

José Sócrates celebrou hoje 100 dias de governo com um almoço exclusivo para mulheres. E se tivéssemos uma primeira-ministra que organizasse um jantar de celebração só com homens? Já não era propriamente a mesma coisa, pois não? Está mal. Mesmo assim o melhor do dia ainda foi a antiga Ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, que em declarações ao telejornal teve o cuidado de assegurar: “somos mulheres, mas também somos pessoas!”. Wow. Obrigado pelo pensamento elucidativo e profundo.

9 comentários:

Abobrinha disse...

Não percebeste nada: é para dissipar qualquer dívida por causa de uma certa e determinada lei.

... e para fazer esquecer a cena com o Mário Crespo, mas acho que nem uma coisa nem outra vão funcionar...

su disse...

Sem comentários... Realmente há gente que nunca devia ter sido Ministra... Nem pessoa! Lol...
Como se diz na minha terra: "É o país que temos"!!!

Mnemósine disse...

Eu, que também sou pessoa, ouvi dizer que o PM já não anda com a Câncio...é capaz de ter convidado as senhoras para fazer uma prospecção de mercado.

Planeta M (Marlene) disse...

Este Complexo de Inferioridade...Apenas presente em "Mentes" fechadas à Mudança e à abertura a Novos Horizontes!

E é este "Pensar" que temos a Governar o nosso Pais...Afinal a "Anos-Luz" da "Verdadeira Contemporaneidade"!

Planeta M

Pepino e Tomates disse...

A senhora ministra perdeu uma boa oportunidade para estar calada.

Excluídodasorte disse...

Depende. Se fosse a Manela Ferreira Leite, duvido muito que alguma mulher dos casados que lá estivessem, ou namoradas de outros, tivessem sérios motivos para se preocuparem, ou para perderem um minuto de sono.
Agora, se fosse uma Bolotinha, aí por volta dos trinta anos, suponhamos, bonita e atraente, ah! aí já o galo, neste caso a galinha, cantava, ou cacarejava diferente.
Resumindo e concluíndo, já que de palavras primo pela contenção; acho que qualquer das periquitas que estão no Governo, nenhuma oferece grandes motivos de preocupações e nem é por aí que o gato lá vai.

Maria disse...

Eu ouvi foi a actual ministra da saude a dizer isso. Pois claro que sao pessoas, mas isso nunca ninguem duvidou...:P

A Flor disse...

Mas deste governo o que se pode esperar?

Brandie disse...

A ministra que fizesse isso nunca mais seria levada a sério. Colocariam imediatamente a integridade dela em causa. Que mentalidades tacanhas!