quarta-feira, 15 de abril de 2009

Viagem de Páscoa - 3º dia: Grasse


Como tenho amigos em Grasse, perto de Cannes, resolvi meter-me no comboio em Nice para os ir visitar. Quando cheguei à estação dos comboios lembrei-me de uma das situações mais ridículas da minha vida (pronto, ok, mais uma). Estava eu naquela mesma estação, há mais de 10 anos atrás, com a minha melhor amiga, naquela que era a nossa primeira viagem sozinhas. Sem pais, sem ninguém. Sozinhas. Com 15 ou 16 aninhos e muito pouco dinheiro para gastar. Ora como precisávamos de ir fazer chichi antes de apanhar o comboio, e a casa-de-banho da estação era daquelas que desinfectam automaticamente e em que se tem que meter uma moeda, lá inventámos um plano para poupar uma das moedas. Que entretanto, na altura, devia ser para aí 1 franco, ou seja, 30 escudos, mas era dinheiro! Então o plano passava por abrirmos a casa-de-banho com 1 franco, ia uma de nós primeiro, e depois não deixávamos a porta trancar e ia a outra. Claro que estas casas-de-banho estão programadas para uma pessoa ficar lá dentro no máximo 15 minutos (ou algo muito perto) e como nós éramos duas, e mulheres, os 15 minutos não eram o suficiente. Resumindo e concluindo, estava eu naquela posição ridícula de equilíbrio a tentar fazer chichi, quando começo a ouvir um barulho estranho, as paredes até pareciam que se estavam a mexer, e desata a sair água com desinfectante por todos os lados!! Literalmente por todos os lados!! A casa-de-banho a ser limpa automaticamente, e eu lá dentro, no centro do remoinho da água. Que sai MESMO por todos os lados. Pelo tecto, pelos cantos do chão... E lá saí eu a correr, com os pés encharcados e toda assustada. Mas limpa! E tanto tempo depois, olhei para a porta da mesma casa-de-banho e lembrei-me como se tivesse sido ontem. :)
No regresso de Grasse fui dormir a Nice, no Meridien, que não só fica por cima do casino, como tem mesmo ao lado uma loja da Louis Vuitton. Não achei bem. Eu ia à janela, e via a loja da Louis Vuitton, que era maior que a minha casa. Ao lado havia a Longchamp, a Hermès e a Armani. Mas mesmo ali, com as montras todas viradas para mim, estava a Louis Vuitton. E no terraço havia uma piscina aquecida com vista sobre a baía toda de Nice, mas eu só via a Louis Vuitton. E não podia ir lá gastar dinheiro. Está mal! *


*mas tirei muitas fotografias, eram os turistas homens na rua a tirar fotografias aos carros e eu a tirar fotografias às carteiras! lol

10 comentários:

Fada disse...

Lolol

Tens imensas aventuras no WC... :p

Eu preferia a piscina, até me esquecia das malas... Lol

Beijitos :)

Corset disse...

ahahhahhah ri-me tanto!!!!

Storyteller disse...

Está mal? Não! Está muito mal! Isso não se faz, põr uma Louis Vuitton mesmo em frente da janela do quarto de hotel de uma miúda. Não se faz não. É Fazer pirraça! É tortura pura e dura!

Fozeira disse...

Adoro o Monaco e Cannes...passei ja la diversas vezes e o ambiente e indescritivel!! pessoas alegres, relaxadas, bom tempo e muita festa...

Sortuda!!:)

Beijinho
JU

Eu mesma! disse...

Ai ....
o que eu me ri a imaginar-te a levar com desinfectante por todos os lados...

mas lembro-me do que fazia nessa idade para poupar 30 escudos....

:)

A mamã disse...

sortuda mesmo!!!!!!

zézito disse...

Tenho de perguntar, tens alguma comissão na Luis Vuitton?
é que são poucos os post em que não fazes referência a isso...

Belota disse...

Sou menina, a LV é uma referência para nós, como as consolas de jogos e os carros para vocês :) Mas se os senhores da LV me quiserem oferecer qualquer coisinha pela pub eu não me faço de esquisita hahahaha

Anónimo disse...

Então mas... mas... o que está na moda das pindericas é ir para a Tailândia, Filipinas no meio daquela pobreza mal cheirosa muito in, e a menina prefere o luxo do monaco, a menina é esperta ...Don Carlonne

Belota disse...

É que a menina não é pindérica :P
LOL