terça-feira, 4 de novembro de 2008

O meu plano para hoje não era refilar... *

Levantei-me cedíssimo para ir a uma reunião que não existiu. Apesar de eu ter lá ficado à espera durante três horas. No final da manhã passei pela minha loja para ver se estava tudo a funcionar e apanhei o homem da EDP a cortar a luz. Parece que a factura tinha sido atirada para o meio do resto dos papéis e ninguém se lembrou de a pagar. Aliás, electricidade é coisa que não faz falta nenhuma numa loja aberta ao público. Fui a casa almoçar e encontrei logo a vizinha toda chateada porque aparentemente tenho um cano partido na cozinha e ela está com inflitrações graves. Estendi a roupa porque estava Sol (viver sozinha tem destas preocupações) e enquanto saí durante a tarde para ir trabalhar, desatou a chover e fiquei com a roupa toda ensopada. Quando saí do trabalho passei no multibanco para pagar o IRS, que a mim ninguém me dá nada e eu ainda tenho que dar dinheiro ao Estado para continuarem com o bom trabalho que têm feito e que tantos benefícios me tem trazido. Assim que cheguei a casa, fui ver o correio e encontrei uma carta a dizer que me tinham cortado a água porque me esqueci de pagar uma factura cuja data final de pagamento coincidiu com a altura em que eu estava no cruzeiro. Agora em vez de 12,40€ vou pagar 49,98€, e ainda tive que ir pedir água à vizinha, porque o batido de dieta para o jantar não se liquidifica sozinho, e se aquilo já é mau, comido em pó e à colher, deve ser pior. Mas não faz mal, porque pelo menos hoje posso ver Anatomia de Grey, a única série da televisão portuguesa que eu gosto mesmo. Claro que assim que me sentei no sofá descobri que hoje é o último episódio e na semana que vem já nem isso terei.
E depois admiram-se que queira fumar e comer carradas de gelado. Pois quero. Preferencialmente ao mesmo tempo.

* mas afinal teve mesmo que ser. Amanhã regresso aos temas mais animados.

10 comentários:

zézito disse...

... bom, pelo menos não perdeste as chaves de casa nem apanhaste nenhuma multa de estacionamento...

O pensador disse...

Deixa-lá...
Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe.

Na verdade até poderia ser pior.
Estar casada com a Lili Caneças por exemplo...

:-)

num relance disse...

isso não é refilanço
é desabafanço
e crónica de uma dia assim

Belota disse...

Não perdi as chaves, mas recebi uma multa em casa na sexta-feira passada. Nem comentei aqui porque tive vergonha... lol

Francisco del Mundo disse...

Pois bem, o comentário a tudo isto seguirá pelas vias oficiais... ahahha
Beijo

Rei Lagarto III disse...

A coisa anda a correr bem...

Miss Kitty disse...

Isso é que é ter um dia mau...

BJS*

Maria Eva disse...

Uufa!
Que venham dias melhores :)

katy disse...

Bem, que dia terrivel!!! Deixa, melhores dias virão ;)

Laredo disse...

Caríssima srª, é com grande pesar que verifico o decorrer duma maré de grande galo...
ou será que isso é, apenas e só, consequência do síndroma de desatenção crónica feminina?
Fumar não é aconselhável, gelado, apenas em doses moderadas, a compensação prevista nesta época do ano, é composta de muita castanha e doses industriais de água-a-pé...ou montada, vai do gosto de cada uma....