quinta-feira, 17 de junho de 2010

Afinal quem me leva a casa é o mano

Ontem leu o blog. E ligou para me dizer que o estava a fazer. Depois insistiu em vir-me buscar para irmos para o jantar de família. Durante o jantar chamou-me baixinho "loira burra e lésbica". É um querido. Mas no final da noite foi ele quem me levou a casa. :)

4 comentários:

Flávio Neto disse...

"loira burra e lésbica"...
Vou anotar esta para ver se funciona com mais meninas na hora das levar a casa :D

Crente disse...

Tão querido o maninho... Ao menos leva-te a casa, o meu, quanto muito, pede-me boleia :)

o stressado disse...

“Loira burra” é um clássico na ofensa, lésbica é novidade...” Divorciada” ouvi no transito um “cavalheiro” a ofender uma mulher ao volante... Mas “lésbica” está bem visto, se os homens se ofendem com "maricas"...

Fatyly disse...

Ora, ora há sempre alguém simpático mas essa de "loira burra e lésbica" está por demais:)