terça-feira, 13 de maio de 2008

Eu jurei a mim mesma que não escreveria um post sobre o Sexo e a Cidade

E já estou a falhar! A verdade é que não há nenhum blog de miúda que não fale nisso. Não há paciência. Se a série estiver a dar na televisão, vejo. Claro que vejo! Mas não sou obcecada. Não tenho os dvd’s, não vejo religiosamente, não discuto o enredo com as minhas amigas. De certo modo aquilo aborrece-me porque me parece real demais. Se me apetecer conversas e cenas daquelas, basta-me combinar uma girls night out. Gajos, sexo, roupa, sapatos e dietas. Não preciso de um programa de televisão para ouvir falar sobre isso.
No entanto, o que me fez escrever este post, foi o facto de ontem ter estado à conversa com um amigo meu que está em Londres, onde decorreu o lançamento oficial do filme. Dizia-me ele, que, como quase todos os gajos, odeia a série e não está lá muito entusiasmado com o filme. Depois de eu insistir bastante, lá acabou por confessar as razões porque não gostava. Disse, e passo a citar:

É um bocado assustador perceber na série o quanto vocês mandam em nós sem nós darmos por isso. Ou o quão pouco vocês precisam realmente de nós. Ou a percepção que têm dos homens… Afinal as coisas não são bem como nós imaginávamos.”

Hum… Estava enganada. Afinal a série está a servir para alguma coisa…
LOL

13 comentários:

Ruben disse...

Ou então, tudo isto não passa de uma maquiavélica maquinação para deixar acreditar às mulheres que nos dominam... Huuuummm :P

Ana disse...

Nunca achei grande piada à série... Há bem melhor, sem dúvida!!!

PsYcHo_MiNd disse...

A mim não me parece realidade, mas sim o ensaio dela. Há coisas que poderiam acontecer, mas muitas só sucedem por que foram feitas para isso, ou não fosse televisão!

Pistaxa disse...

Eu tb nunca lhe achei muita piada, acho ke é mais uma k vende ilusões a certas mulheres mas pronto.
Até pode calhar de ver o filme mas não vai estar concerteza na minha lista de filmes a ver brevemente.

Laura Stanley disse...

Cambada de mentes captas... o filme e toda a serie é´tão mais do que o poder que as mulheres têm ou melhor pensam que têm sobre os homens.... Ou até mesmo sexo...
O sexo e a cidade é uma interessante visão, ou antevisão, ao mundo das mulheres , e até que ponto é que elas deveriam se juntar para se apoiarem... mas abragendo as coisas, até que ponto é que a nossa familia são os nossos amigos....
a serie não serve só para ensinar o que é que é um par de Jimmy Choos ou quando usar collants ....
Mas pregar a pessoas que têm como séries preferidas Heros ou qualquer coisa parecida é realmente como pisar merda com os meus Christian Louboutins....
A série não só demonstra como as mulheres podem e devem ser independentes como também ensina o que é que as mulheres devem fazer em relação aos homens....
E se o teu amigo algum dia viu algum episodio, ou tem inteligencia suficiente para traduzir ingles para portugues, poderia ver que elas nao mandam nos homens, o que faria perder os entido da serie....
Pelo que tenho lido um dos principais grupos que vêem esta série são os homens.... e deviam...
e pelo que tu acabaste de escrever se calhar também devias....
e claro que se trata de obcecao... quando uma mulhere vê aquelas quatro personagens identifica-se logo com elas, podemos acordar a sentirnos Charlote, almoçar a pensarmos que somos a carrie, passar uma tarde como samantha e deitarmos a cabeça na almofada como Miranda.....

O sexo e a cidade e tao mais do que uma serie.... e uma enciclopedia....

ufa longo comentario... lol
mas apesar de tudo adoro o teu blog... que por ele ate pensave que adoravas o sexo e a cidade...

continua :D
xxx

Laredo disse...

Pá, não me toquem na série favorita! Até me dei ao trabalho e despesa de a comprar por inteiro...
é um manual, uma bíblia, indispensável na dvdteca de qualquer gajo que se preze...se querem vencer o inimigo, aprendam a falar sua linguagem! Compreendam-na, para antever o movimento seguinte! Pelo menos, é o que diz o manual de estratégia...

Sendo na América, ou melhor, NY, é virado para uma, de muitas realidades novaiorquinas. Há que traduzir para a nossa, nossas...diferentes, ou nem tanto.

Era uma série fixe, embora lá para a 5ª série já se notasse que andavam perto de esgotar o tema, dentro naqueles moldes.
E claro que vou ver o filme, embora a medo...não sei se estragaram a pintura.

Mas ainda há algum gajo que precise da série para ver quanto elas mandam/tentam mandar em nós? Pensei que essa informação já vinha gravada no código genético!

Além disso qual é o problema de mandarem? Elas mandam, eles desobedecem...assim são todos felizes!

GITC disse...

E está tudo dito...
Sex and the city rules!!!!!!!!1

O pensador disse...

Eu custa-me um pouco a crer que haja algum gajo neste mundo que perca o seu tempo a ver esta série, mas como estamos no século dos Metrosexuais, tudo é possível...

Uma coisa eu estou convicto, essa da série ser vista majoritariamente por homens só pode ser mesmo piada inglesa!
Daquelas piadas que a gente demora 2 horas a rir porque precisou de 3horas para perceber onde está a graça...

Lembro-me de ter visto 1 ou 2 épisódios desta série quando não havia mais nada de interessante nos outros canais e nas outras vezes adormeci mesmo..

É assim, vejo tanta gente preocupada em provar que são elas que mandam neles ou eles que mandam nelas e depois ainda ficam admirados de existir tanta gente solteira e tantos casais divorciados.
Minha gente, uma relação só resulta quando ambas as partes interiorizam o facto de que ninguém deve mandar em ninguém.
Devemos nutrir um sentimento de partilha, não de dominio.
Ninguém aceita ser dominado!

Abs

(Ps: Belota, já respondi ao teu desafio. http://trollitadas.blogspot.com/2008/05/os-meus-pequenos-grandes-dios.html#links )

Pistaxa disse...

Pensador concordo inteiramente ktg.
(se bem k devo confessar ke uma certa dominação em alguns campos me parece muitooo bem hihih)

Laura stanley eu fiquei sem palavras para o teu comentário, eu sinceramente estou-me a cagar para uns sapatos Jimmy Choos ou coisas afins.

Ah e já agora que lido com tamanha mente brilhante talvez me possas esclarecer melhor o ke keres dizer com "obcecao"..

É o que eu digo, esta série acaba mesmo por fazer mal a certas mulheres...xiça não há pachorra.

Francisco del Mundo disse...

Sem comentários...
Beijo

PS- Já tinha saudade de vir ao teu blog...

Belota disse...

Ah, e eu já tinha saudades destas discussões nos comentários!

(bem-vindo francisco de volta à blogoesfera :D )

Canephora disse...

E não é que a coisa funciona?
Vocês acreditam no que se diz na série e nós fazemos de conta q é assim.
Como resultado... parece q nos entendemos... parece!!!

O pensador disse...

Pistaxa, também concordo ctg de que em alguns campos uma dominaçãozinha acaba por dar resultados prodigiosos...
Na verdade percebi isso no dia em que a minha mulher me ofereceu um par de algemas para o meu 27º aniversário...hehehehe

Bjs