sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Adoro*

"Se namorares comigo, dou-te um pombo, cem escudos e um livro"
in Livro, José Luís Peixoto

* ...mas o que é que eu faria com um pombo??

16 comentários:

rm disse...

e com cem escudos? já muito pouco se faz..

Nuno . disse...

Um pombo para a pombinha.
Se fosse eu a dizer uma coisa dessas, era um energúmeno. Como é o JLP, já é o maior. Bah!

Anónimo disse...

ahaha lindo!
As melhoras!

J.S.

verniz escarlate disse...

Arroz de pombo! ou numa versão mais romantica escreves cartas e mandas pelo pombo. Bem mais giro que mandar e-mails!

Anita disse...

Mandavas recadinhos românticos em papelinhos enrolados, agarrados numa patinha do pombo(-correio)!
Sou uma romântica! Shoot me please! :)
Beijinho*

Saskia disse...

Estou a ler esse livro e li ontem essa frase. Ri-me imenso, mas também fiquei a pensar na serventia do pombo... :)

Filipe Ribeiro disse...

E com 100 escudos o que farias???

Francisco o Pensador disse...

Tiro ao alvo...que mais havia de ser?

:))

Quel disse...

Rico "suborno"! xD

(alemdaestupidez.blogspot.com)

Patricia disse...

eu nao fazia nada....

ah ah ah ah

Belota disse...

"Tinha a nota preparada e estendeu-a em cima do lençol, alisou-a. (...) O Ilídio encantava-se com o poder daquele papel, com aqueles desenhos e aquela cor, que valia quase uma semana de carregar pedras, peneirar areia, acartar baldes de massa. No fundo, ao dar-lhe aquele papel, estaria a dar-lhe o resultado de horas da sua vida, estava a dizer-lhe: estive vivo para ti, por ti."

Turtle disse...

Os Ilídios são uns queridos quando querem. Eu sei porque o meu pai é :)

Fada disse...

"Estive vivo para ti, por ti"...

Que bonito! :)

O meu 1º pensamento acerca do pombo, foi um belo arroz, tb... lol Ou uma canja, ou qqr coisa do género, mas o pombo ia sempre parar à panela.
Mas agora, dp d eler o resto q escreveste, já pensaria: faria o que ele entendesse. Fosse para consumo imediato, fosse como animal de estimação. :)

O Amor é bonito, não é? :)

Beijinhos

PS - gosto do novo cabeçalho: a versão morena e de cabelo pelos ombros seria a minha! ;)

Com Duas Pedras de Gelo disse...

Eu faço parte do grupo dos que imaginaram o pombo numa panela! E não é propriamente uma imagem romântica a ideia de arrancar as penas ao bicharoco!...

Anónimo disse...

Se for um pombo de competição, estamos a falar de várias centenas (ou milhares) de euros.
Depende tudo da qualidade do pombo meus senhores!

Anónimo disse...

Canja. What else...

LJC