quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Eu já...

Inspirada pelo Arrumadinho, por sua vez inspirado pelo blog Quadripolaridades, também eu aceitei o desafio de alguns “eu já”...

Eu já fiz um piercing num sítio muito pouco usual.
Eu já apanhei uma tempestade gigante num avião e um tornado num barco.
Eu já vivi uma história de amor que deu um livro.
Eu já conheci a minha alma-gémea, não ficámos juntinhos para sempre, e somos muito felizes assim.
Eu já disse a uma pessoa o quanto gostava dela e o sentimento não foi retribuído.
Eu já gostei de uma pessoa e não fiz nada em relação a isso.
Eu já dei entrevistas a todos os programas de televisão manhosos da manhã e da tarde.
Eu já pedi a uma senhora das finanças para me partir um braço quando ela me aconselhou a “apresentar despesas médicas” para pagar menos IRS (felizmente ela não me levou a sério).
Eu já fui ao topo do Empire State Building, das Twins Towers e da Torre Eiffel, mas não ao Cristo-Rei.
Eu já li dois livros num dia (mais que uma vez).
Eu já passei um dia inteiro só a comer Ben & Jerry’s.
Eu já passei um dia inteiro a jogar playstation.
Eu já pensei “hoje é o dia em que me vou levantar cedo, fazer exercício, aproveitar o Sol, e comer comida saudável” mas depois virei-me para o outro lado e continuei a dormir.
Eu já escrevi um artigo para a capa do Jornal de Letras.
Eu já tive que chamar o senhor das chaves para me arrombar a porta mais de 10 vezes.
Eu já fiquei com a manete das mudanças do carro inteira na mão.
Eu já me ri de situações que me lembro perfeitamente mas que parece que nunca aconteceram (o álcool tem destas coisas).
Eu já fiz uma refeição completa só de doces. Com entrada, prato principal, bebida e sobremesa.
Eu já comi em restaurantes mais caros do que as minhas despesas mensais.
Eu já comi um cachorro em Wall Street.
Eu já dormi num hotel em Chinatown que em vez de extintores, tinha baldes de água pintados de encarnado.
Eu já fui modelo fotográfico.
Eu já fui directora de uma revista.
Eu já vivi vários meses sem um tostão.
Eu já tive uma conversa com o Saramago em que ele foi realmente simpático.
Eu já passei uma tarde em casa do Júlio Pomar a falar de arte e do sul de França.
Eu já chorei na ópera mais que uma vez (uma delas porque cheguei atrasada e o segurança não me deixou entrar na sala).
Eu já comecei um blog para me queixar dos homens e descobri que afinal eles não são tão maus assim.
Eu já me arrependi de ter escrito a última afirmação.

13 comentários:

Ruben disse...

Há dias, li o posto do Arrumadinho, também achei-lhe muita piada. O teu não fica atrás.... :)

Joana disse...

Torna-se é facil identificar-te. Ou assim me parece, pode ser que esteja errada.

Laredo disse...

Quer dizer... deixas a melhor frase para o final, a mais rica de conteúdo e mais emblemática, e logo a seguir arrependes-te??
Arrepende-te já de te teres arrependido, vá!!!

Belota disse...

Joana, já deixei outras pistas para trás. Quem sabe, sabe. Quem não sabe, eu também não deixo de ser a Belota, não é? :)

(Laredo: eu já me arrependi OUTRA VEZ de ter escrito aquilo, ok? hahah)

zézito disse...

Começaste tão bem com algo que me despertou a curiosidade e que me obrigou a ler até ao fim e acabaste tão mal...
Enfim...

;)

Hugo disse...

Já falaste com o Saramago... uau... Aí está alguém com quem tb gostava de falar.

Buttafly disse...

Gostei de ler e até já fiz um rascunho para um post como este.. Está guardado há umas 2 semanas, à espera do momento para sair...

;)

Buttafly disse...

Então és VIP e não dizes nada?! hihi

Joana disse...

Ah, mas eu não li tudo para trás... :]

Eu apanhei o autocarro a meio caminho..

poupinhas disse...

Belota, eu também fiz, agora tens de fazer o "eu nunca.." desafio-te :)
Beijinho*

Pistaxa disse...

Uma história de amor que deu um livro..Gostei =D

É..eu hoje tou assim, é do TPM =D

nelita disse...

Mais uma vez não posso deixar de sorrir (e até mesmo rir) sempre que aqui venho ler (e reler) as entradas deste blog.
Eu também já fiz muitas destas coisas e desejei fazer as outras:-)

Ruben disse...

Belotinha, aqui vai o meu "Eu já": http://www.ruben-alves.com/index.php?p=blog&id=420