quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Dúvida crítica...

A Belota subitamente ficou aqui aflita com uma questão...

Quando uma mulher vê um homem na casa dos 25/30 solteiro, pensa que, das duas, quatro: ou na realidade tem mulher ou namorada e está a tentar traír, ou é tanso e não tem por onde se pegue, ou a namorada acabou com ele e ele é um traumatizadinho, ou é gay.

Somos más. É verdade. Mas a história das alianças ajudarem a engatar não é uma conversa qualquer. Nós competimos umas com as outras e somos bastante selectivas. Logo, se um homem é comprometido, é porque tem alguma coisa que vale a pena.

Agora a minha questão é outra... Os homens também pensam assim? O que será que pensam de uma mulher solteira? (e será que eu vou querer saber...?)

22 comentários:

zézito disse...

Claro que os homens tb preferem as mulheres comprometidas! Mas não pelas mesmas razões...
Os homens preferem as mulheres comprometidas pq sabem que de lá só vao ter uma bela queca e ponto final. O resto do trabalho fica a cargo do marido/namorado.
Aliás, esta é a relação perfeita do ponto de vista dos homens :P

Ana disse...

Ok... Agora fiquei de boca aberta com o comentário anterior mas tá tudo!!!
Quanto ao que disseste sobre o que as mulheres pensam em relação aos homens descomprometidos acrescento uma coisinha (deve ser porque não sou tão má como a maioria das muheres)... "Este é inteligente como eu, prefere ser solteiro para ninguem lhe chatear a cabeça!!!" lol

Belota disse...

Ana, também gosto de pensar como tu :) Mas nunca fico 100% convencida que a situação é mesmo essa... lol

Zézito, sem comentários. Se a ideia deste blog é aprendermos uns sobre os outros... acho que aquilo que escreveste, infelizmente, até é capaz de fazer algum sentido... guys suck.

Sting disse...

Pensam que, das duas uma: ou são umas "galdérias" (desculpem o termo) ou umas sonhadoras, que acreditam mesmo que existem pessoas perfeitas.

Pistaxa disse...

Estes homens têm é muito paleio pk mediante o crescente numero de traumatizados k tenho visto a coisa para eles não deve ser assim tão simples^^

Rubenito (num momento de ideias idilicas e românticas...) disse...

Sinceramente, uma gaja comprometida é para esquecer... Ou são tipas como o Zé falou, que querem dar uma ou duas fora do casamento, mas estas gajas não interessam nada. Ou são gajas decentes nas quais vale à pena investir.
A questão fundamental aqui, e é importante destacar, é que as mulheres amam um homem não apenas pelo sexo, e estão atraídas por outros factores que a variável Cama. Logo, na maioria das mulheres ditas normais/decentes acontece que nem sequer olham para o vizinho do lado, porque já se sentem bem (caso se sintam bem....).
Os homens, podem amar uma mulher, e serem capazes de dar uma por fora só mesmo por objectivos competitivos.

Creio que o comentário do Zé, apesar de ser infeliz, é real, e acontece mais do que pensamos. No entanto, como sonhador que sou, prefiro pensar e acreditar numa relação baseada entre dois seres que se apreciam pelo que são, encarando o sexo apenas como o complemento do que sentem, e não como base fundamental da relação...

Rubenito (já num momento mais normal) disse...

O que será que pensam de uma mulher solteira?

Belota, uma gaja com 25/30 anos, solteira, inteligente, fisicamente agradável (nem gorda nem magra), criativa e acima de tudo interessante, é de tal forma preocupante como um gajo de 25/30, com as mesmas características:
- Levou um barrete do ex;
- É uma crominha, mais vale morrer sozinho do que casar com ela;
- E complexada por alguma coisa, e tem fobia ao às relações;
- Tem como modelo a Carrie Bradshaw, e espera ad eternum pelo Mr. Big da vida dela :)

Logo, também temos razões para desconfiar :P Mais vale nem pensar nisso, e seguir em frente...

tavguinu disse...

hummmmm quer dizer que no teu mundo não pode haver pessoal solteiro !

Laredo disse...

Quer gostem quer não gostem, o Zézito tem razão, para qualquer gajo que tenha estômago pra isso e não se queira chatear muito, pode ser a relação ideal, afinal de contas uns têm o trabalho e outros o proveito.
Claro que este modelo só serve para alguns, não penso que a maioria se consiga encaixar neste modelo, pelo menos de forma sistemática.

Gajas solteiras com 25-30? Generalizar é sempre lixado, que as excepções à regra podem ser mais que muitas.

Mas os pensamentos que vêm à tola, são:
1 - o que é que esta gaja tem de errado?
2 - É uma galdéria, quer andar a partir tudo o que mexe e não se agarra a ninguém.
3 - Se é feia, é porque não tem ponta por onde se pegue; se é gira, deve ter um feitio lixado que ninguém lhe pega senão temporariamente.
4 - Esta já levou com tanto estronço, que tá o nível de trauma no máximo e preste a virar-se às fufas. Não interessa, que aquele que vier a seguir, vai pagar o pato pela trampa que os outros já tiverem feito.

Isto não se aplica da mesma forma a divorciadas, porque se o é, e até tem ponta por onde se pegar, então a questão é, o que é que a gaja fez para já estar divorciada? Será que andou a embelezar a tola do ex??
Um gajo não vai pensar logo à partida, na provavel repartição de culpas, ou que o gajo até podia ter sido o culpado!

zézito disse...

'cá raio! Vocês pensam é demasiado...
Não acredito que exista algum homem que ao conhecer uma rapariga com as características acima referidas (25/30 anos, solteira, girinha, etc...) e que se esteja a atirar descaradamente a ele, consiga ter destreza de espírito (e aqui falo contra mim) para estar a pensar nas razões que a levam a estar solteira, isso é coisa de mulher.
O que passa pela cabeça dos homens nestas alturas é simplesmente: "esta miuda está disponível e a atirar-se a mim... FIXE!!!"
O resto da capacidade cerebral está ocupada imaginar as mais variadas cenas sexuais com ela, deixando livre apenas uma pequena parcela do "processador" para emitir uns quantos "mmm mmm" e "ahh" nos intervalos das suas frases.

Pistaxa disse...

Por acaso tb me admirei ao saber que os homens se questionam sobre uma mulher solteira e se metem a pensar tanto sobre o assunto.
Realmente tb penso que isso seja mais coisa de gajas^^

Laredo disse...

Apre! Já um gajo não pode pôr o Tico e o Teco a trabalhar... atão... só as gajas é que pensavam, não?! Convencidas!

Laredo disse...

Mas há que reconhecer que pensar é desvantajoso. Assim, a lista de alvos a abater torna-se muito mais curta. É a mesma coisa que ir à pesca com malha de 10cm, só se apanha a pescada grande, que a sardinha nem atravessada lá pára!

Pistaxa disse...

Exacto e costuma-se dizer que a mulher quer-se como a sardinha =D

Suka disse...

Zézito, este teu último comentário é genial e a pura realidade. Vocês têm é demasiado tempo para pensar...

Aliás, se assim fosse, não escolheríamos nem os solteiros nem os comprometidos.

Uns pq ou são totós ou levaram com os pés ou o que for, e os outros porque são comprometidos, pq só querem é quecas, bla bla bla.

Decidam-se... e parem de pensar.

Gajos, um conselho: avancem, atirem-se, mas com estilo por favor!!!

Gajas, um conselho: vamos é de deixar de ser demasiado selectivas, senão o barco vai passar-vos mesmo à frente e vocês vão ficar a ver... Navios!

:-D

O pensador disse...

Na minha opinião uma mulher solteira de 25/30 anos ainda não está na faixa etária adequada para ser fuzilada com este tipo de dúvidas ou questões.
A partir dos 30 anos qualquer homem solteiro (excepto viúvos ou divorciados)tem por instinto ser boêmio e dificilmente poderá ser transformado em bom partido, mas até lá Belota, as questões que colocastes são no meu entender um perfeito disparate.
A fase dos 25/30 é a fase do tudo ou nada, ou casas ou descasas,ou molhas o bico ou deixas os outros molhar, nunca é fase para tantas dúvidas existenciais!!
Na verdade ou vocês são todos adolescentes e já fazem dos 25/30 uns velhos, ou então, confesso que tenho algumas dificuldades para entender o vosso raciocinio.

Mas tentando responder a pergunta da Belota, devo dizer que uma mulher só começa a ser alvo de observações menos decorosas por parte dos homens a partir também dos 35 anos para a frente.
São vistas como umas ratas-mortas, como demasiado esquesitinhas ou como mulheres cheias de manias de importância.

De certa forma também também acabo por ficar em sintonia com o zezito, uma mulher a partir dos 35 só despertam interesse para viver alguns encontros ocasionais porque a ideia de um compromisso, desculpa-me dizê-lo, para a maioria dos homens já não tem pernas para andar.
Até porque uma mulher de 35 vai ter como engatador/pretendente outro homem de 35 e com essa idade, conforme o disse anteriormente, já estão todos viciados na boa vida!

Mas também nisso existem sempre excepções...

Abs

Laredo disse...

Pistaxa: estava mesmo à espera que te saísses com essa da sardinha... mas eu gosto mais delas do meu tamanho, ou lá perto!

Francisco del Mundo disse...

Ahahahah... Nem sei que te diga! Fui eu que fiquei com a dúvida: se os meninos estiverem nessa faixa etária e forem comprometidos, são mais apeteciveis?
Beijo

PEIXE disse...

Dos 20/25 (faixa etária na qual me encontro) acho que ainda não há esse critério de selecção, penso que isso só apartir dos 30 ai sim existem essas dúvidas.

Em relação a mulheres para mim existem as fodiveis e as não-fodiveis, não tem a idade, altura, tamanho...etc!
loll

beijos

PEIXE disse...

Dos 20/25 (faixa etária na qual me encontro) acho que ainda não há esse critério de selecção, penso que isso só apartir dos 30 ai sim existem essas dúvidas.

Em relação a mulheres para mim existem as fodiveis e as não-fodiveis, não tem a idade, altura, tamanho...etc!
loll

beijos

Pistaxa disse...

fonhasse sou mesmo previsivel..

Rapunzel disse...

Faixa etária dos 25/30, já vivi junta, estou solteira e mto bem assim! Não estou traumatizada nem acredito em príncipes encantados, não sou galdéria, não me acho feia...ok, tenho um pouquinho de mau feitio, mas nada que não seja ultrapassável!!! E não penso nada disso qdo vejo ou conheço um tipo solteiro...ok, as vezes até posso pensar, mas é só brincadeirinha! :) O facto de um homem ser comprometido não me atrai NADA... confusão a mais! :)

Bjs