segunda-feira, 3 de março de 2008

Lição nº 4: As mulheres competem entre elas.

Os comentários que se seguiram ao post com a fotografia da Eva Longoria fez-me pensar num assunto um bocado parvo. É que a ideia de fazermos dieta, exercício e ficarmos todas giras, é naturalmente para agradar ao sexo oposto, mas aquilo que nos motiva mesmo, é ficarmos mais giras do que a miúda do lado. Eles podem dizer que não, a Eva Longoria não é baixa demais e que aquilo que importa no corpo são as curvas, que enquanto os desfiles de moda nos continuarem a impingir esqueletos ambulantes de 2 metros, é assim que nós queremos ser. Não queremos que um gajo nos ache a miúda mais gira, nós queremos que toda a gente nos ache a miúda mais gira. E sobretudo que todas as outras se roam de inveja. Mesmo que os nossos parâmetros de beleza sejam diferentes dos deles. Por isso, a lição nº4, é precisamente: as mulheres competem entre elas. E se de facto ficarmos as mais giras, todas as outras nos olharem com desdém, mas algum gajo não perceber o que faz de nós melhores, nós pensamos simplesmente que ele parvo. Pronto.

(é estúpido, não é?)

8 comentários:

Anónimo disse...

É um facto que os seres humanos competem entre si. Geralmente os machos competem para atrair o máximo número de fêmeas e as fêmeas competem para atrair os melhores machos. Até certo ponto a competição pode ser saudável, só é preciso ter noção dos limites.

Neste caso, os limites passam também pela escravização da moda e beleza a que as mulheres se submetem. Mais vale ter dois ou três quilos a mais e ser feliz, do que ser um "esqueleto ambulante" amargo, não?

Auto-estima e auto-confiança podem ser bem mais sedutoras e atraentes do que um corpinho que cabe num vestido tamanho 36 ou 34.

;)

Pistaxa disse...

É bem verdade sim senhor, penso k se verifica mais nas mulheres k nos homens, pelo menos neles a coisa parece mais "saudável".
Por exemplo,são poucas as amigas com kem gosto verdadeiramente de ir ás compras visto k são poucas as k têm a capacidade de nos darem uma opinião realmente verdadeira de como ficamos com uma determinada peça.

Bom inicio de semana^^

Francisco del Mundo disse...

E ficam sozinhas na mesma??? Deus me livre... Antes ser parvo...:D
Beijo

Ana disse...

E como somos cruéis por vezes...

O pensador disse...

Belota, desculpa-me discordar mas se para as mulheres o protótipo da beleza são as tabuas de engomar que costumam desfilar nas passerelles, então prefiro mil vezes ser considerado um parvo do que precisar de Viagra toda a vida!

E já agora outra coisa!

Quando "todas as outras" roam-se de inveja e olham uma mulher com desdém, não quererá forçosamente dizer que ela seja a mais gira.
Poderá simplesmente querer dizer que de todas elas esteja a ser a mais oferecida...

Abs

Belota disse...

Não Pensador, nenhuma miúda se rói de inveja por outra mais oferecida! Chamamos-lhe p#&$ ou c%#$# e fica o assunto resolvido! lol

solo disse...

há por aí uma certa distorção: vocês (mulheres) competem umas com as outras, certo, mas é na mesma por nossa causa - se forem a mais bonita (de todas) acham que serão a escolhida.

teorias à parte, normalmente gosto mais das magras do que das menos magras, mas depois há uma data de outros factores (físicos) que também entram nessa apreciação e suponho que com a generalidade dos homens é assim - isto claro no que se refere às mulheres que passam; relativamente à que amamos (ainda que temporariamente) não são uns kilinhos a mais que a vão fazer mais feia.

Laredo disse...

Nesta altura do campeonato, eu já acredito que elas competem não por nossa causa mas por competir, para irritar a fêmea do lado, para se afirmar melhor perante a outra, e segundo padrões que lhes interessam a elas e não a nós!